domingo, 1 de maio de 2016

Saudade

 
ANÍBAL CORREIA DE MATOS
faleceu há 12 anos
 
 

Faleceu no dia do trabalhador e do tipógrafo. Jornalista, foi diretor e proprietário do jornal O FIGUEIRENSE, fundado por seu tio Joaquim Gomes d'Almeida, tem o seu nome ligado à toponímia figueirense.
Nasceu em Santa Comba Dão em 6 de julho de 1915 e faleceu, na Figueira da Foz, a 1 de maio de 2004.

sábado, 30 de abril de 2016

1,º de Maio na Figueira da Foz


As ruas como palco
 
 

Um concerto



Esta domingo, pelas 18 horas, a Banda Sinfónica da PSP realoiza um concerto no Centro de Artes e Espectáculos da Figueira da Foz (CAE).
A presença da Polícia de Segurança Pública, no distrito de Coimbra, remonta ao ano de 1878, estando, atualmente, ao serviço nos  dois maiores concelhos do distrito, Coimbra e Figueira da Foz.
A Banda Sinfónica da Polícia de Segurança Pública, refletiu sempre uma posição de vanguarda nos movimentos artísticos portugueses. A sua interação com a sociedade e com a academia levou-a a ser pioneira em muitas das atividades levadas a cabo ao longo da sua história. Nessa medida, este ano conta com a participação especial do cantor e compositor Luís Portugal (ex vocalista dos Jafumega).
A realização deste concerto, integrado nas Comemorações do 138º aniversário do Comando Distrital de Coimbra da PSP, tem um cariz solidário já que os contributos reverterão a favor da CASA – Centro de Apoio ao Sem-Abrigo, Núcleo da Figueira da Foz.
Mais se informa que a aquisição de bilhetes pode ser feita em troca de um bem alimentar (massas, enlatados, conservas, entre outros). Os bilhetes podem ser levantados no CAE ou no Gabinete de Apoio ao Comando. 

Ser árbitro


1.ª Liga da Arbitragem
de futebol
 
Pierluigi Collina, um senhor!!!
 
Sinceramente, não conseguimos compreender profundamente a razão que leva um indivíduo, muitas vezes até em excelente posição de estatuto e económica na vida, a enveredar pela carreira de árbitro de futebol.
Bastaria analisar as crítica provenientes de dirigentes, treinadores, jogadores, adeptos, etc, desde o limiar das competições, para se chegar, facilmente, à conclusão de que, na sua perspetiva, os resultados são manipulados pelo homem do apito e seus assistentes.
Daí que se conclua, até no caso do campeonato português da 1.ª Liga, que a competição não é entre clubes mas sim entre árbitros.
Ou seja, o campeonato português, ao invés do que se julga, será a prova máxima dos árbitros e não dos clubes intervenientes.
Quando se perde a culpa é do árbitro. Há quem sugira, embora pouco seguro  na sua convicção, de que as novas tecnologias poderão substituir os humanos que dirigem os jogos. Mas se tal vier a axcontecer (duvidamos bastante), lá se vai o emprego dos comentadores que ocupam todos os canais televisivos nacionais e passam a surgir problemas pontuais que vão complicar a dinâmica do futebol.
Bom, isto para dizer que ninguém perde por culpa própria,  mas sim por resonsabilidade exclusiva do  homem que dantes vestia de negro mas agora também já virou arco-íris.
Ninguém sabe perder e muito poucos sabem ganhar.
Mas isto de ser árbitro só por loucura e por uma questão de dimensão do costado.
O jogo desste fim de tarde princípio de noite, em que o Sporting foi ao Dragão vencer, sem margem para dúvidas, o FCPorto, sugeriu este tema em que um técnico, para salvar o posto, atribuiu, acolitado pelo seu presidente, as culpas do insucesso ao juiz da partida...
Mas não se vai ficar por aqui, nesta corrida em que está acesa a luta pelos diferentes objetivos na competição.

Basquetebol

 
No Pavilhão Galamba Marques,
na Figueira da Foz
 
 
Braga, Sintra, Leiria e Alcoitão vão disputar, na Figueira da Foz, a final da Taça de Portugal em basquetebol (em cadeira de rodas), aguardando-se que o recinto encha literalmente para apreciar espetáculos de grande nível da modalidade, nesta variante.

sexta-feira, 29 de abril de 2016

Ballet russo no CAE

.
Figueira da Foz assinala
DIA MUNDIAL DA DANÇA
 
 
 
Integrado nas comemorações do Dia Mundial da Dança, a Classic Stage apresenta a 2ª edição de uma grandiosa Gala Internacional de Ballet Clássico – Gala Ballet, Russian Classical Ballet – sob direção artística de Evgeniya Bespalova, prestigiada bailarina internacional e diretora da famosa companhia de dança Russian Classical Ballet. A Gala Ballet tem a participação de outras estrelas da dança Internacional como Denis Karakashev, Margarita Demjanoka, Zigmars Kirilko, Elena Kabanova, Oleg Shaibakov, Okawa Koya e Terada Nidori, solistas principais e prima ballerinas de alguns dos mais prestigiados teatros mundiais.
 
 
 
 

Motores


Automobilismo
 
 

Dia da Mãe


No Jardim Municipal
da Figueira da Foz

 
 
 

Cinema


ASSASSINA
NO CAE
 
 
Esta noite, pelas 21h30, é exibido no Pequeno Auditório do Centro de Artes e Espectáciloos da Figueira da Foz (CAE) , o filme de A ASSASSINA, que recebeu o prémio para o melhor realizador no Festival de Cannes 2015.

quinta-feira, 28 de abril de 2016

Memórias


No Museu da Figueira da Foz

O maior troféu do mundo
 
 
28 de abril  de 1938
A Câmara Municipal da Figueira da Foz manda publicar editais abrindo concurso  para aquisição  da Taça Salazar e diversas miniaturas, em homenagem ao então presidente do conselho de ministros e ministro das Finanças,
A ideia partiu do jornal O Figueirense, e a Câmara pô-la em execução com o auxílio de várias câmaras do país.
Este troféu, o maior do mundo a disputar em  competições internacionais de remo, encontra-se depositada no Museu Municipal Santos Rocha, na Figueira da Foz, e, durante largos anos, foi o prémio máximo em provas internacionais daquela modalidade, sempre disputadas no estuário do Mondego.

O drama dos aflitos...


Briosa inspira-se
na praia da Figueira da Foz
 
 
O campeonato da I Liga de futebol aproxima-se do seu final, e constata-se um dramatismo tremendo entre as equipas do fundo da tabela, em aflitiva busca de boias de salvação.
A Académica de Coimbra, em zona de descida, quase decide o seu futuro próximo no dia 1 de maio, numa deslocação ao recinto doutro concorrente com a corda na garganta, o União da Madeira, patrocinado por Cristiano Ronaldo e que ostenta nas camisolas o símbolo CR7.
Os "estudantes", procurando inspiração para esta final, treinaram no areal da praia da Figueira da Foz.
Nesta ponta final também o Desportivo de Tondela, com um arranque final a contrastar com anteriores prestações dececionantes, luta desesperadamente por um lugar ao sol, procurando transferir a lanterna vermelha que carrega há longo tempo. O jogo com o Rio Ave é extremamente importante para as hostes do simpático clube beiraltino.
Por sua vez, aqui pelo burgo, a Naval (o clube completa 123 anos no domingo), que caiu em desgraça por variadas e pouco abonatórias razões, tem a sua equipa sénior, mais uma vez, a tentar fugir ao play-off da despromoção aos distritais.
Enfim, uma guerra de aflitos no desmontar da feira.