sábado, 27 de julho de 2013

"...UNIÃO NACIONAL"

Passos Coelho apela a acordo com PS para “clima de união nacional”.
Sinceramente, julgava que, após o 25 de abril de 1974 jamais se ouviria falar em união nacional... mas, afinal, é o próprio primeiro-ministro de Portugal que ressuscita um "termo" que foi usado de 1930 a 1974... e de que Salazar era presidente vitalício...
 

Sem comentários: