terça-feira, 10 de março de 2015

Para a história da Figueira da Foz CCLXXXII


 
28 anos se passaram!
 
A 19 de março de 1987, volvidos quase 28 anos que se completam este mês, colocava-se ponto final num pormenor cultural e histórico da Figueira da Foz: era demolido, no Bairro Novo, o edifício do Teatro Parque-Cine, palco de grandes realizações na área do espetáculo,
Aberto ao público 80 anos antes, o Parque-Cine, com uma lotação superior a mil lugares, exibira peças teatrais com atuação dos mais consagrados artistas, filmes de todos os géneros e outras manifestações culturais de grande impacto.
No local, acabaria por ser construído um autêntico mamarracho, adulterando as espectativas; um mono que envergonha a cidade.
Na foto acima, da autoria de Gabriel Grácio, um aspeto adiantado da demolição do Parque-Cine.
Em baixo, uma relíquia, com muito que contar; a máquina de projeção, que se encontra exposta no átrio do CAE (Centro de Artes e Espectáculos da Figueira da Foz), à entrada do Pequeno Auditório.
 
 
 
 
 
 

 

Sem comentários: