terça-feira, 29 de novembro de 2011

COSTA SANTOS: AQUELAS MÃOS





Na Escola Superior de Educação e Ciências Sociais, em Leiria, numa sessão presidida por meu filho, o figueirense Rui Matos, sub-diretor daquele estabelecimento de ensino, teve lugar, na passada sexta-feira, o lançamento do livro do jornalista Costa Santos (o amigo que há 26 anos me convidou para colaborador do jornal RECORD, de que era chefe de redação), intitulado AQUELAS MÃOS, editado pela FOLHETO.
Nas fotos, a capa do livro de Costa Santos, seguindo-se Rui Matos em conversa com o treinador da União de Leiria, Manuel Cajuda, com o selecionador da Grécia, Fernando Santos, e com o técnico Augusto Inácio, que foi campeão nacional pelo Sporting Clube de Portugal.
Nesta duas últimas, é visível a t-shirt com publicidade à TRIPELA, a nova modalidade desportiva inventada por Rui Matos, que tem tido grande aceitação, não apenas a nível nacional.

Manchetes

Perfeitamente de acordo. Quem enche estádios não pode falar em crise. Pode, sim, pagar a entrada nos jogos e ajudar ...a sustentar os que enchem os bolsos dando pontapés na bola...

Tempo de Natal

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

A imagem do dia

"Pôr do Sol na Figueira da Foz"- 17h07 - 28.novembro.2011
(Foto com telemóvel)

Manchetes

Estão a esquecer-se do 25 de abril?!!!

Apoiado!!! E já agora acrescentem lá um imposto para a respiração...


Coitado!!! E foi notícia o facto do senhor ministro ir de vespa para a Assembleia da República... Aqui está mais um exemplo do sacrifício a dividir por todos... A ser verdade, é mais uma falta de vergonha!

Tempo de Natal

domingo, 27 de novembro de 2011

FADO


FADO, PATRIMÓNIO IMATERIAL
DA HUMANIDADE


Mariza

Lucília do Carmo

Amália Rodrigues

Severa

Alfredo Marceneiro

Katia Guerreiro
Hermínia Silva

Camané

Rodrigo

Anita Guerreiro

Carlos do Carmo

A ordem dos fatores é arbitrária, mas estes e muitos outros foram ( e alguns ainda são) a alma e a voz da canção nacional, o fado, que a UNESCO acaba de eleger património imaterial da humanidade.
Finalmente, Portugal, que atravessa a sua maior crise de sempre (não é só depois do 25 de abril...), recebe esta compensação que o coloca no pódio de um aspeto importante da cultura mundial.

Manchetes

Será que os 63 mil que estiveram na Luz continuam a ter o descaramento de falar em crise???!!!





O costume neste país à beira mar plantado...

A imagem do dia

Porque hoje é domingo

(Clicar para ampliar p.f.)

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Prémio Internacional de Poesia


Acabo de receber, com natural satisfação, a notícia (e respetivos diploma e medalha dourada), de ter obtido o 1.º prémio no Concurso Internacional de Literatura em Língua Portuguesa Brasil - Portugal, realizado pela secção de Londrina - Brasil, do Elos Internacional da Comunidade Lusíada.
O prémio foi atribuído ao soneto APELO AO VENTO, que a seguir reproduzo:

APELO AO VENTO

Da praia imensa a brisa te levou
De meus olhos para lá do horizonte,
E as penas que meu peito soluçou
Não vislumbro no mundo quem as conte.

E fui chorando meu choro devagar
Tal como a brisa que te afastou de mim,
E nem aquela força de te amar
Evitou que teu amor chegasse ao fim.

E esse enlevo que despertava madrugadas
E sorria sempre que chegavas
Despertando no meu leito o arrebol,

Não sei se se perdeu com o meu lamento!
Possa a brisa dar lugar ao vento
E que regresses mesmo ao pôr-do-sol.

Aníbal José de Matos

Humor... negro

In SóRisoMail

O pensamento do dia

"Paciência e tempo dão mais resultado do que força e raiva."

Jean de La Fontaine (1621 — 1695)

quinta-feira, 24 de novembro de 2011

Escola Industrial e Comercial da Figueira da Foz

7 0 a n o s


Completam-se hoje 70 anos (24 de novembro de 1941) sobre a data em que começaram a decorrer as aulas no edifício da Escola Industrial e Comercial da Figueira da Foz, então designada Escola Industrial e Comercial Tomaz Bordalo Pinheiro e hoje Escola Secundária Dr. Bernardino Machado, situada no denominado Bairro do Pinhal, em frente ao 1.º Jardim-Escola João de Deus.
Na época foi considerado o melhor edifício do país no género.

A imagem do dia

Não fiz greve às minhas caminhadas. Fui ver, mais uma vez, a idade da Terra, no Cabo Mondego (Figueira da Foz - Portugal)
.
(Foto com telemóvel)

Manchetes

E que tal uma candidatura a património material do desemprego, da corrupção e da miséria???!!!

O pensamento do dia

"Que ingenuidade pedir a quem tem poder para mudar o poder."

Giordano Bruno (1548 — 1600)

quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Eduardo Lourenço na Figueira da Foz


A Divisão de Cultura da Câmara Municipal da Figueira da Foz convida a ouvir uma das vozes mais lúcidas do Portugal contemporâneo. O filósofo Eduardo Lourenço continua a pensar o seu país e o mundo com inteligência e paixão.
Na Biblioteca Municipal da Figueira da Foz, na próxima sexta feira, 25 de novembro, 21h30.
Um encontro imperdível.
“Nenhuma barca europeia está mais carregada de passado do que a nossa. Talvez por ter sido a primeira a largar do cais europeu e a última a regressar.