domingo, 29 de junho de 2014

Jardins-Escola da Figueira em festa

Na Figueira da Foz
Festa e diplomas aos finalistas
nos Jardins-Escola João de Deus
 
 



Os Jardins-Escolas da cidade da Figueira da Foz viveram ontem um dia em grande, na Quinta da Salmanha, no ambiente duma feira medieval, com os alunos, docentes e funcionários trajando a rigor, numa festa que foi o pretexto para assinalar o encerramento do ano escolar naqueles estabelecimentos de ensino, culminando com a entrega de diplomas aos finalistas do quarto ano do ensino básico.
Um dia memorável para os jovens estudantes.

 
 

 
 
 
 

O pensamento do dia


sexta-feira, 27 de junho de 2014

Arte dos sons

Um banho de cultura
 
 
A RTP 2 acaba de deliciar-nos com a transmissão dum espetáculo de grande valia. Foi o assinalar do 70.º aniversário do Coro do Teatro Nacional de S. Carlos, com a participação da Orquestra Sinfónica Portuguesa, sob a direção do maestro Giovanni Andreotti.
Ao lado de Verdi, Alfredo Keil, o autor da música do Hino Nacional, marcou "presença" com a "Serrana", de 1899, então considerada a melhor ópera portuguesa, não faltando o seu "Coro das Fiandeiras".
Uma noite memorável.
Foi um banho de cultura.

Uma data histórica

27 de junho de 1214
27 de junho de 2014
800 anos de língua portuguesa
 
 
 
Já era altura de muitos começarem a falar (e escrever) corretamente o português...


Igreja Evangélica Presbiteriana Figueirense
Rua 10 de Agosto
Figueira da Foz – PORTUGAL

 “Promovendo o Consolo”

 
"As palavras amáveis são como um favo de mel, doçura para a alma e saúde para o corpo."                                   Provérbios 16.24

Pelo Pastor Marcos Amazonas Santos

 Sábado: 28 de Junho de 2014 = 15horas

Entrada pela porta lateral da Rua 10 de Agosto (Salão Social)

Mensagem


quinta-feira, 26 de junho de 2014

quarta-feira, 25 de junho de 2014

Na Biblioteca da Figueira da Foz

 

Rita Ferro


A mais recente convidada das 5as de Leitura, iniciativa da Biblioteca Municipal da Figueira da Foz em colaboração com a Fundação Calouste Gulbenkian, foi a escritora portuguesa Rita Ferro, que se encontrou com o público figueirense no passado dia 19 de junho.
Perante o facto de ser frequentemente apontada como um dos nomes da chamada “literatura light”, a convidada defendeu as qualidades que privilegia na escrita, na sua e na dos outros: a clareza e a facilidade de leitura.
Outro dos temas da conversa foi o seu último livro: Veneza Pode Esperar, primeiro volume de um ”diário íntimo”. Neste género em que agora se inicia, Rita Ferro menciona Vergílio Ferreira e Miguel Torga como referências incontornáveis da escrita diarística.
A propósito do início da sua carreira literária, Rita Guerra referiu o peso do “estigma” que sempre a acompanhou: as suas próprias raízes – leia-se, as suas origens e memórias familiares, nomeadamente a figura do seu avô, António Ferro, o talentoso “propagandista” do Estado Novo.
O próximo convidado das 5as de Leitura será o professor e ensaísta Miguel Real, no dia 24 de julho.

Mundial de futebol 2014

Ronaldo, antes e... depois
Antes...
"Temos a paixão, a emoção, o desejo, a determinação e a perseverança. Temos o espírito de vitória, a esperança. Todos juntos, de mãos dadas e com os corações unidos em uma só voz".
 
... depois
Temos uma equipa limitadíssima”.

NA FIGUEIRA A PRAIA É PARA TODOS

Praia M+
As pessoas com deficiência e / ou mobilidade reduzida carecem de apoio especial quando se encontram na praia, para que possam usufruir plenamente das suas vantagens.

Sabendo isto, desde 2005, o Município da Figueira da Foz tem vindo a implementar o Projeto Praia M+ – mais mobilidade, praia segura para todos/as, destinado a pessoas com mobilidade reduzida ou deficiência, em especial deficiência motora e motora/mental.

No Posto Praia M+ haverá sempre uma Equipa Permanente de dois Nadadores-Salvadores para ajudar todos os interessados a tomar banho de mar, com recurso a um equipamento específico para o efeito – tiralô.

 

A participação é completamente gratuita.

A inscrição individual e/ou em pequenos grupos é feita por ordem de chegada.

Grupos com mais de 5 pessoas devem marcar previamente junto da Divisão de Educação e Assuntos Sociais da Câmara Municipal da Figueira da Foz, através do telefone 233401860/3/5 ou dos e-mails sandra.lopes@cm-figfoz.pt e jose.barraca@cm-figfoz.pt.

Figueira antiga

Figueira da Foz, noutros tempos
 
 
Uma vagoneta saindo duma das minas de carvão do Cabo Mondego. Corria o ano de 1927.

Publicidade em 1920

Na imprensa local
 
 
Um anúncio giro, não acham? Um fatinho à marujo...

Hábitos culturais

Uma conclusão que não surpreende:


“Os portugueses são dos cidadãos da União Europeia com menores taxas de participação em atividades culturais e Portugal é o país onde há maior falta de interesse pela leitura, de acordo com o inquérito Eurobarómetro”

Cláudia Carvalho in Público – 4/11/2013

terça-feira, 24 de junho de 2014

Figueira da Foz em imagens

Poentes da minha terra
 
 
"Fim do dia"
Cabo Mondego - 24 de junho de 2014

Dia de S.João

Hoje é feriado municipal
na Figueira
 
Banho Santo na Figueira
 (Heitor Chichorro)
 
"Ao pontual bater da meia-noite, era o Banho Santo - que curava de maleitas, quartãs, febres e de toda a doença e mal-querer.
Vinham das terras morenas das Beiras, dos campos verdes e viçosos de Coimbra à beira-rio, dos pinhais de Leiria, alfombrado de macias sombras - com seus farnéis em taleigas e pipos ao tiracolo, gentes sortidas com seus trajos garridos - chalezinho no braço das beiroas, chinelinho de verniz das moças de Taveiro e Formoselha, caçoilinho redondo de feltro das cachopas das terras semeadas a pinhal, pelo Senhor Rei D. Diniz."
 
(Maurício Pinto e Raimundo Esteves em ASPECTOS DA FIGUEIRA DA FOZ - 1945)

segunda-feira, 23 de junho de 2014

Portugal no seu... melhor


Quase de malas aviadas...

USA, 2 - Portugal, 2
 
 
Agora culpem os árbitros, os relvados, o calor... enfim, o costume... e, como habitualmente, toca a puxar pela calculadora...
Os americanos até com a barriga marcaram... num jogo em a seleção portuguesa mostrou imensas fragilidades. Aliás, as palavras do guarda-redes dos Estados Unidos, Tim Howard dizem quase tudo: "Portugal não nos incomodou muito"...    

domingo, 22 de junho de 2014

Rui Costa e Tiago Machado

Nem só de futebol vive o desporto
Rui Costa, ciclista português, venceu, pelo terceiro ano consecutivo, a Volta à Suíça em bicicleta. Um triunfo pouco badalado porque (e compreende-se porquê...) em Portugal, em termos de desporto, só se pensa em futebol. Uma questão de cultura.
Já agora, a propósito do pontapé na bola, vou sentar-me no sofá para ver o Portugal-Estados Unidos (não se trata de contradição, note-se), para o mundial que se disputa no Brasil, com a certeza de que não tenho de desligar o som da TV porque o comentador na RTP não é Luís Freitas Lobo...
-
Em tempo: TIAGO MACHADO, outro ciclista português, acaba de vencer a Volta à Eslovénia.
Está de parabéns o desporto nacional.

Mensagem evangélica

Porque hoje é DOMINGO
 

sábado, 21 de junho de 2014

A frase


"Futebol é a coisa mais estupidificante que existe."
Diogo Mainardi (Escritor, produtor roteirista de cinema e colunista brasileiro).
 
 
 

quinta-feira, 19 de junho de 2014

Que mau aspeto!!!
 
Na esplanada criada no local onde durante largos anos esteve implantado o restaurante-bar Costa, na marginal oceânica, na Figueira da Foz, está a ser instalado um novo bar que poderá ter um aspeto agradável visto da praia mas que, na perspetiva a partir da avenida oferece uma imagem deplorável, a avaliar pelos trabalhos que ora decorrem.
Se o mau gosto pagasse imposto...
 

Escultura na Figueira da Foz

No CAE e no MUSEU
 

O Museu Municipal Santos Rocha e o Centro de Artes e Espectáculos da Figueira da Foz, convidam para a inauguração da exposição “DA LUZ, a FORMA…” de Rogério Abreu, que terá lugar no próximo sábado, 21 de junho, pelas 18h30, no Museu Municipal Santos Rocha e no CAE.

Rogério de Abreu (Torres Vedras, 1967) traz à Figueira da Foz uma exposição de escultura, constituída por dois núcleos: o primeiro, apresentado no Museu Municipal Santos Rocha, é uma retrospetiva resumida do trabalho do artista ao longo dos últimos quinze anos; o segundo, no Centro de Artes e Espectáculos, reúne um conjunto de peças mais recentes.

O escultor utiliza a pedra, a cerâmica, a madeira e os metais para representar os seus próprios sonhos: mulheres, touros, a dança, as árvores.
 
 

quarta-feira, 18 de junho de 2014

Rita Ferro na Figueira

Amanhã, na Biblioteca
 
A próxima convidada das 5.ªs de Leitura será, como oportunamente Presente anunciou,  a escritora portuguesa Rita Ferro, que se encontrará com o público figueirense na Biblioteca Municipal da Figueira da Foz, amanhã, 19 de junho, pelas 21h30.
Um dos temas da “conversa” será o seu último livro, editado recentemente: Veneza Pode Esperar, primeiro volume de um diário íntimo, colecionável como um folhetim, sem happy-end nem beijos ao pôr-do-sol.
 

PAPA FRANCISCO NA SIC

Descartar...
 
 
O Papa Francisco concedeu uma longa entrevista, em exclusivo, à SIC, conduzida por Henrique Cymerman, da qual, com a devida vénia, transcrevemos uma passagem extremamente interessante e atual:
 
"Há uma cultura de descarte. Descartam-se as crianças, seja porque se limita a natalidade... Basta olhar para a taxa de natalidade que existe na Europa (...) Nenhum povo sovrevive com essa taxa de natalidade.
Descartam-se as crianças, descartam-se os velhos... Já não servem, não produzem. É uma classe passiva.
E ao descartar as crianças e os velhos, descarta-se o futuro de um povo, porque eles são o futuro de um povo.
As crianças porque são elas que vão dar continuidade e os velhos porque são quem nos dá a sabedoria, são os que têm a memória desse povo e têm de a transmitir às crianças."

terça-feira, 17 de junho de 2014

Verão Total na Figueira da Foz

RTP mostra Praia da Claridade
 

 
A RTP está a transmitir diretamente da Figueira da Foz o seu programa VERÃO TOTAL, a partir das imediações do Forte de Santa Catarina, um dos ex-libris da Cidade.
Na primeira imagem, João Ataíde, presidente do município figueirense a ser entrevistado por José Carlos Malato, e na segunda, a atuação do Grupo Praia-Mar.

O pensamento do dia


segunda-feira, 16 de junho de 2014

Portugal perde com Alemanha

Derrocada na estreia!!!
 
Pior era impossível...
Portugal entrou a perder na fase final do campeonato do mundo de futebol, que está a decorrer no Brasil.
No jogo de estreia, com o selecionado alemão, realizado esta tarde em Salvador da Baía, a equipa de Cristiano Ronaldo sofreu uma goleada e foi uma sombra de si mesma, sendo dominada em todos os capítulos; os números só não atingiram um escalão mais escandaloso por mero acaso, pois ocasiões não escassearam para isso.
 
 
Angela Merkel aplaude 2.º golo
 
Tudo correu mal à formação orientada por Paulo Bento; Hugo Almeida abandonou o relvado por lesão, o brasileiro Pepe foi expulso e também Fábio Coentrão teve de retirar-se, lesionado.

Novo hotel na Figueira da Foz

JÁ NÃO ERA SEM TEMPO
A inaugurar no São João
 
Depois de larga controvérsia, muita contestação infrutífera e de vários anos como elefante branco, parece que chegou a hora da Figueira da Foz poder contar com um novo e grandioso hotel, sito na Ponte do Galante.
Está anunciada a sua inauguração para o período das festas da Cidade.
Bom, vale mais tarde do que nunca!!!

domingo, 15 de junho de 2014

Mensagem evangélica

Porque hoje é DOMINGO
"Não te precipites com a tua boca, nem o teu coração se apresse a pronunciar palavra alguma diante de DEUS; porque Deus está nos céus, e tu estás sobre a terra; pelo que, sejam poucas as tuas palavras."

Eclesiastes 5.2

sábado, 14 de junho de 2014

Nasce uma nova vila
na margem sul da Figueira...
 
Não somos obrigados a saber tudo. Ninguém sabe tudo e um célebre filósofo deixou para a posteridade uma frase sintomática: "Só sei que nada sei".
Pois bem, acabo de ter conhecimento, e espero que quem o diz seja responsável pela afirmação, que na margem sul da cidade da Figueira da Foz, onde se situavam dois lugares designados por Cova e Gala (rivais noutros tempos mas, felizmente, de há tempos a esta parte ligadas por uma sã amizade), acaba de nascer uma vila (!) a que terá sido dado o nome de Vila de São Pedro que, até agora, era a designação da freguesia que englobava os citados lugares.
Em termos oficiais ainda não vi nada sobre esta nova nomenclatura administrativa mas, como não estamos no primeiro de abril, parto do princípio de que a informação é correta e não se trate duma brincadeira de mau gosto.
Se assim é, parabéns à nova vila...
...
Nota: Claro que os autores não se aperceberam da leviandade da informação, brincaram com a História e, provavelmente por encomenda, estão a lançar o barro à parede a ver se pega...
Enfim...

Fadista figueirense

Esta noite no CAE
 

O pensamento do dia


sexta-feira, 13 de junho de 2014

Vasco Graça Moura

Recordando...
 
 
 
Vasco Graça Moura (Foz do Douro, 3 de janeiro de 1942 - Lisboa, 27 de abril de 2014), foi uma figura incontornável nacional, com um currículo invejável.
Poeta, ensaista, dramaturgo e tradutor, exerceu ultimamente o cargo de diretor do Centro Cultural de Belém.
Licenciado em Direito pela Universidade de Lisboa, foi membro do governo em 1975, deputado à Assembleia Constituinte, Comissário-Geral  para as Comemorações dos Descobrimentos Portugueses e Comissário de Portugal para a Exposição  Universal de Sevilha, Deputado ao Parlamento Europeu, entre outros altos cargos, recebendo ainda galardões como Prémio Pessoa, Grande Prémio de Poesia da APE, Grande Prémio de Romance e Novela APE/IPLB, Prémio Vergílio Ferreira, etc.
Em 2008 publicou  "Anotações Europeias", um volume que reúne parte dos textos que escreveu a propósito do espaço europeu.
Nas inagens, além da doto do autor e da capa da obra em apreço, a reprodução da dedicatória que Vasco Graça Moura me concedeu, como agradecimento por uma simples colaboração relacionada com a história do fado e a personalidade dum figueirense de seu nome António Pinto Correia de Almeida, que usava o pseudónimo de António Amargo.
 
 

O olho humano

VISÕES
na Biblioteca da Figueira da Foz
A exposição fotográfica VISÕES, da responsabilidade de Robert van Velze e Teresa Almeida Antunes / Centro Cirúrgico de Coimbra, regista momentos que estão para além daquilo que o olho humano é capaz de alcançar, mas que nos pertence, acabando por se revelar como um instrumento de comunicação interessante e ao mesmo tempo inovador, ao juntar ciência e arte numa mesma imagem.   

 
Todas as fotografias expostas têm uma história para contar. Há o Relâmpago, que mostra os vasos sanguíneos captados na retina, uma Explosão Solar que afinal é fosfato de cálcio acumulado, a Lula Gigante, o Quarto Crescente, o Caviar...

O pensamento do dia