quinta-feira, 31 de dezembro de 2015

2 0 1 6




FELIZ ANO NOVO

FELIZ AÑO NUEVO

HAPPY NEW YEAR

FELICE ANNO NUOVO

GODT NYTÅR

ΕΥΤΥΧΙΣΜΕΝΟ ΤΟ ΝΕΟ ΕΤΟΣ

BOLDOG ÚJ ÉVET

SELAMAT TAHUN BARU

Athbhliain faoi Shéan

明けましておめでとうございます

GODT NYTT ÅR

LA MULTI ANI

С НОВЫМ ГОДОМ

CHÚC MỪNG NĂM MỚI

segunda-feira, 28 de dezembro de 2015

Natal e Novo Ano


MENSAGEM DO PRESIDENTE
DA CÂMARA DA FIGUEIRA DA FOZ
 
O Natal é essencialmente um momento de reencontro e de afetos. Por isso, nesta quadra de partilha devemos refletir sobre o meio que nos rodeia, sobre este novo mundo que lamentavelmente se vai criando, mas sempre concentrados na importância dos gestos que nos aproximam e que nos permitem lutar por uma melhor sociedade, uma sociedade mais justa, fraterna e solidária. É preciso lutarmos para que a união e a paz volte às nossas convivências, recordando que o nosso porto de abrigo é a nossa família.

É nela que encontramos aqueles que nos dão confiança, bem-estar e que nos transmitem a tranquilidade necessária para continuarmos o nosso caminho.
 
Desejo a todos vós e respetivas famílias, e ainda a todos os que nos visitam nesta quadra, votos de um Feliz Natal e de próspero Ano de 2016.
 
O Presidente da Câmara Municipal
João Ataíde

Música


No CAE da Figueira da Foz
Um concerto a não perder
 
 

terça-feira, 22 de dezembro de 2015

Tempo de Natal


Longevidade

Atravessou três séculos!!!
 
Como curiosidade, o facto de, em 22 de dezembro de 1905, ter falecido na Figueira da Foz, Teresa Loureiro, que contava a bonita idade de 122 anos.
Era mãe do mestre de obras Francisco Sapim.

Uma tradição


1.ª DESPESCA
Núcleo Museológico do Sal
Figueira da Foz
Viveiro da Salina Municipal
9 de janeiro | 9 horas
 
 
A "despesca" - assim conhecida no mundo do salgado - é uma atividade tradicional praticada há dezenas de anos, pelos proprietários e marnotos das salinas, entre os dias 1 de novembro e 28 de fevereiro, nos viveiros naturais, a maioria de exploração comunitária.
Os viveiros que abastecem o salgado são alimentados pelas águas do rio que entram pelo cubo (espécie de comporta). Uma vez entrada a água, esta fica retida conforme as necessidades dos marnotos.
A "despesca" é o momento em que essa mesma água é esgotada do viveiro para o canal, ficando o viveiro e o peixe que ele contém a seco. O peixe retido na lama é recolhido por intermédio de redes para, posteriormente, ser leiloado no local. É esta prática que se pretende retomar e apresentar aos participantes que queiram colaborar com os marnotos.

sábado, 19 de dezembro de 2015

Bombeiros em festa


133.º ANIVERSÁRIO
 DOS VOLUNTÁRIOS
DA FIGUEIRA  DA FOZ
 
 
 
Fundada em 19 de dezembro de 1882, a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários da Figueira da Foz comemora, neste dia, 133 anos de vida ao serviço do próximo.

Tempo de NATAL


sexta-feira, 18 de dezembro de 2015

Atletismo


Amanhã, corre-se na Figueira
 
 
17:15 - Benjamins masculinos e femininos - 700 metros 17:30 - Infantis masculinos e femininos - 1400 metros
17:45 - Iniciados / juvenis masculinos e femininos - 1400 metros
18:30 - Mini Maratona e Caminhada - 5 km (não competitiva)
18:30 - São Silvestre Figueira da Foz - 10 km

Natal na Figueira da Foz


 
"Viver em Alegria", presente
 
 

Tempo de Natal


O NATAL na arte
 
 
NATAL, de Miguel Ângelo

sábado, 12 de dezembro de 2015

Um dia feliz


Chegou o Lourenço
 
 
Viu hoje a luz do dia o meu 5.º neto, o Lourenço, nascido na Maternidade Bissaia Barreto, em Coimbra, quando o relógio assinalava as 14h30.
Os pais, a Vera de Sousa e Matos e o Mário Cunha, não escondem a sua felicidade. O Vicente também está feliz por ter um irmão.
Então, o avô, esse nem se fala, aguardando, com ansiedade,  a oportunidade de conhecer o seu novo neto.
Que Deus proteja esta família.

sexta-feira, 11 de dezembro de 2015

À mão armada


Assaltada, esta tarde,  agência da Caixa Geral de Depósitos, em Buarcos, Figueira da Foz.
PSP e PJ tomaram conta da ocorrência.

Cinema de qualidade


Esta noite,
no CAE da Figueira da Foz
 
 
Realização: Andrzej Żulawski
Intérpretes: Victoria Guerra, Jonathan Genet, Sabine Azéma
Género: Drama
Origem: França, 2015
Duração: 103 min.
M/12 anos

Witold acaba de chumbar nos seus exames de Direito, e Fuchs abandonou recentemente o seu emprego numa Casa de Alta Costura parisiense. Ambos vão passar alguns dias no campo e decidem alojar-se numa residencial familiar onde irão desenrolar-se estranhos acontecimentos…
 

segunda-feira, 7 de dezembro de 2015

Natal na Figueira da Foz



Uma iniciativa de louvar. O Jardim Municipal da Figueira da Foz transformou-se, por iniciativa da Câmara, num parque alusivo à quadra natalícia, e o número de visitantes tem sido considerável, manifestando a sua satisfação pelo evento.
Adultos e crianças têm ali, até 3 de janeiro, um centro de diversões em época de Natal.

domingo, 6 de dezembro de 2015

Aniversário


Os 11 anos do Vicente
 
 
A festa de aniversário do Vicente foi este sábado no EUROPARADISE, o jardim zoológico de Montemor-o-Velho.
Familiares, colegas e outros amigos assinalaram a data.

sexta-feira, 4 de dezembro de 2015

Fitas

 
CINEMA PORTUGUÊS NO CAE
 
 
"Um Verão quente em Lisboa. David, 14 anos, aguarda a morte iminente do avô, mas recusa-se a visitá-lo, temendo esta perda terrível. A mãe, Mónica, passa as noites no hospital. O vazio pela falta do avô obriga David a tornar-se o homem da casa. David não se sente pronto para assumir este novo papel, mas o fim da infância aproxima-se sem que ele se aperceba..."
*
Esta noite, no CENTRO DE ARTES E ESPECTÁCULOS DA FIGUEIRA DA FOZ, pelas 21h30.
Um filme de João Salaviza.

sábado, 28 de novembro de 2015

Figueira da Foz em fotos


Rotunda do Mineiro
 
 
Acaba de ser implantada (as obras ontem iniciadas ainda prosseguem), nas proximidades do Teimoso, um memorial, onde se vê uma vagoneta e outros equipamentos, lembrando a odisseia dos mineiros que, no último quartel do século XVIII e durante largos anos, arriscaram a vida no subsolo da Serra da Boa Viagem, esventrado na exploração das minas de carvão do Cabo Mondego.
A inauguração está para muito breve,
Uma iniciativa que merece todos os encómios.

quinta-feira, 26 de novembro de 2015

Visita de relevo

 
Domingas Monte na Figueira


A escritora Domingas Monte, autora do recente livro infanto-juvenil O Gelado de Múkua da Mamita, visitou algumas escolas do concelho da Figueira da Foz (Escola Pintor Mário Augusto, Alhadas, Escola do 1º ciclo de Maiorca e Escola do 1º ciclo da Cova-Gala), onde conversou e realizou diversas sessões de leitura com alunos e professores.
Decorreu ainda na Biblioteca Municipal um encontro com elementos da Escola Secundária de Cristina Torres.
 
A escritora estará, até ao final da semana, nos concelhos de Mira, Cantanhede e Condeixa-a-Nova, para realizar outros encontros com alunos.

Fitas

 
A NOTÍCIA DO DIA!!!
 
ESTREIA DE O LEÃO DA ESTRELA
 
 
Outros filmes em exibição no FOZ PLAZA, na Figueira da Foz:
 



 
Continuem a ver cinema.
Há sempre uma boa fita no ecrã nacional.
Bons filmes e bons atores...
 
 

terça-feira, 24 de novembro de 2015

Figueira da Foz em fotos


A imagem do dia
 
 
Cabo Mondego

Leituras

Enviamo-vos esta sugestão de leitura.
Obrigado pela vossa atenção.
______________________
O nosso Primo, José Sant'Ana Pires,  Pastor da igreja local AB de Olhão,  indicou-nos, com entusiasmo,  um livro que ele encontrou e adquiriu na Bertrand.  Está também na FNAC :
"JESUS NO BANCO DOS RÉUS,
Uma Investigação Histórica  à Verdade dos Evangelhos".
Autor : David Limbaugh.  Um advogado.
O Autor expõe os pressupostos do Cristianismo apoiados por provas substanciais    É um livro, uma edição recente nos EE.UU.  O Autor é norte-americano.  É uma tradução do inglês.     Lemo-lo com muito interesse e prazer do princípio ao fim.    Aconselhamo-lo vivamente.    Primeiro aos Pastores e Anciãos.    Mas também a toda a gente,   Crentes ou não !
( É uma Edição secular : "Marcador", da Editorial Presença. 2015.  Sem interferência de qualquer entidade evangélica )
_______________________________________________
Com cumprimentos e amizade, dos
João e Henriette Pinheiro

Futebol

"LIMPINHO, LIMPINHO"
 
 
(Foto da net)
 
Para a Taça de Portugal, Sporting elimina Benfica. Foi a terceira esta época...

quinta-feira, 19 de novembro de 2015

Fitas

Em exibição na Figueira da Foz
 

No Centro de Artes e Espectáculos, esta sexta-feira, às 21h30.
 

As Mil e Uma Noites: Volume 3, O Encantado

 
"O Encantado” é o terceiro e último tomo de trilogia "As Mil e Uma Noites", de Miguel Gomes, que se completa com o "O Inquieto" e "O Desolado". A coleção toma o título – e estrutura – dos famosos contos árabes clássicos em que a princesa Xerazade oferecia todos os dias, em troca da sua vida, uma nova história ao rei Shahriar. Todos os volumes foram filmados entre o Verão de 2013 e o de 2014, a partir de um guião em construção que tinha como base histórias recolhidas por um grupo de jornalistas sobre a crise vivida pela sociedade portuguesa contemporânea. Encadeando histórias que vão das manifestações de rua ao silêncio dos estaleiros de Viana do Castelo, passando pelo desespero de um desempregado, pelas manobras do político euro(s)centrado, pelos incêndios de Verão ou mesmo pelo tradicional banho de Ano Novo, traça um retrato do Portugal real – mesmo que essa realidade tome por vezes uma aparência absurda e fantasiosa – que pulsa sob o jugo da austeridade. O realizador descreve o projeto como um misto de "ficção e retrato social, tapetes voadores e greves", lembrando que "imaginário e realidade nunca puderam viver um sem o outro (e Xerazade bem o sabe)".
(In PÚBLICO)






 
Filmes em exibição diária no Foz Plaza

segunda-feira, 16 de novembro de 2015

Passarada na Figueira da Foz


Figueira da Foz

 
Poentes da minha terra
 
 
"Lá longe,
 ao cair da tarde,
quando uma saudade
se esvai ao sol poente..."
 
(Fernando Carvalho)
 
 

Fotografia

Susana Parreira expõe
no CAE da Figueira da Foz
 
Até 29 de novembro


Histórias de comer escritas entre a bancada da cozinha e a mesa de refeições, à boleia de um copo de vinho, muita conversa e uma mexidela de tacho. Três atos de uma vida dedicada à comida.

Coração – Os afetos e os sabores familiares, os aromas de pratos favoritos e o retorno a emoções que nos transportam para outros lugares. Cozinhar é um ato de amor e carinho, uma prova de dedicação impossível de traduzir em palavras.


Cabeça – As memórias do que nos faz ou fez felizes são alimento para a mente. É a lembrança de momentos em torno da mesa que nos faz reviver uma e outra vez aquela refeição e as vozes conhecidas, na partilha do mais humano dos atos: o comer acompanhado.

Estômago – A sensação de conforto e plenitude que vem da saciedade é tanto fruto do que se comeu como daquilo que se viveu. Da gula propriamente dita fica apenas a vontade pois à barriga só chega o que o cérebro registou e o peito guardou.

 

Entrada gratuita