segunda-feira, 26 de março de 2007

O país


Nem D. Afonso Henriques, nem D. João II, nem Camões, nem mesmo o Infante D. Henrique. António de Oliveira Salazar foi o nome escolhido pela maioria dos telespectadores da RTP1 que votaram na eleição do "maior português de sempre", no âmbito do programa "Os Grandes Portugueses".
In Público on-line
[No final, Odete Santos, que defendia Álvaro Cunhal, gritou "a apologia do fascismo é proibida pela Constituição"]
Conclusões?!!!

Sem comentários: