sábado, 26 de novembro de 2016

Comunismo de luto

Morreu o último comunista

Fidel parte aos 90 anos

 
Fidel Castro, o líder carismático e histórico, chefe da revolução cubana, que durante cerca de meio século segurou as rédeas da república de Cuba, na América Central, faleceu este sábado (cerca das 3 horas da madrugada, hora portuguesa), com 90 anos.
Recentemente, Marcelo Rebelo de Sousa, chefe do estado português, tonha visitado Fidel Castro, há uma década afastado do poder. 
A contrasta com a tristeza de muitos, a comunidade cubana de Miami (USA), está a assinalar com manifestações de júbilo (e sabe-se bem porquê), a morte do antigo ditador.
 

Sem comentários: