quinta-feira, 15 de março de 2012

Um lago no jardim

Figueira da Foz, noutros tempos

Dedico esta foto ao meu colega da blogosfera ZÉFOZ (Limonete), que teceu considerações acerca dos coretos do jardim municipal da Figueira da Foz, que já não existem, pois aquele que apelidaram com essa designação não passa de mais uma aberração a juntar a tantas outras.
Na imagem, o lago que existiu no topo norte do Jardim Municipal Infante D. Henrique, na Figueira. A encabeçá-lo estava outra anormalidade (normal na cabeça de quem o idealizou). Era uma escadaria (espécie de bancada), - na parede traseira da qual instalaram um pequeno aquário -, destinada a concertos mas que os músicos (que não tinham sido ouvidos) repudiaram, o que levou à demolição da mesma e, claro, do (nosso) dinheiro ali (mal) gasto.

1 comentário:

Zéfoz disse...

Meu caro amigo,

Agradeço a sua referência ao despretensioso Limonete. A propósito do tema, vem a talhe de foice dizer:

Ora aí está a "estória" dos coretos mais ou menos desvendada e, pelo meio, a de algumas aberrações,feitas e desfeitas em nome de um progresso de muito mau gosto e utilidade que, por vezes, se não leva muita água no bico, leva certamente o dinheiro dos contribuintes que é tão mal utilizado como refere.
Abraço.