quinta-feira, 16 de janeiro de 2014

Poesia

No Hotal Costa de Prata
 
Deparei, esta manhã (alertado por quem ali tinha festejado a passagem do ano), com uma quadra da minha autoria, gravada na parede dum dos corredores do Hotel Costa de Prata, na Figueira da Foz, junto à porta do quarto 109.
Grato pela deferência.

1 comentário:

António Querido disse...

Parabéns amigo Matos, vai o homem ficam as obras!
Abraço