terça-feira, 17 de maio de 2016

Para a história da Figueira da Foz


Agência do Banco de Portugal
 assaltada há quase meio século
 
 
Completam-se hoje 49 anos (17 de maio de 1967) sobre a data de um assalto na Figueira da Foz que ficou célebre.
Um grupo autodenominado LUAR, chefiado por Hermínio da Palma Inácio, assaltou as instalações da agência do Banco de Portugal, na  Praça General Freire de Andrade, na Figueira da Foz, roubando milhares de contos para fins políticos contra o regime então viogente.
A imagem mostra-nos um apontamento das memórias de Aníbal Correia de Matos, registando o acontecimento.

Sem comentários: