quinta-feira, 27 de novembro de 2014

Nem tudo é mau em Portugal


Depois do FADO

CANTE ALENTEJANO,
PATRIMÓNIO IMATERIAL DA HUMANIDADE
 
 
Para amenizar a divulgação de Portugal pelos piores motivos, a UNESCO declarou, esta manhã, em Paris,  o CANTE ALENTEJANO, património imaterial da humanidade, numa justa consagração dum motivo cultural do nosso país.
Depois do FADO ter recebido idêntico galardão, com Carlos do Carmo a ser premiado recentemente com um GRAMMY, coube agora ao cante alentejano esta declaração internacional, com a particularidade de se tratar de uma variante melodiosa sem fins lucrativos, portanto cem por cento interpretada por grupos corais amadores.

Sem comentários: