domingo, 11 de agosto de 2013

Pequenos cantores na Figueira da Foz

- Hoje no CAE -
34 anos depois...
 
 
Hoje, pelas 21 horas, a Gala Internacional dos Pequenos Cantores regressa à Figueira da Foz, depois duma longa interrupção, desta feita para assinalar a 25.ª edição daquele evento que, por iniciativa de Sansão Coelho, que representava a empresa Presença Coimbrã, começou em 1979, no Grande Casino Peninsular, com transmissões diretas através da RTP.
Altura para recordar o saudoso artista João Mário Penicheiro, autor dos cenários que correram mundo, e o músico João Cascão (felizmente ainda entre nós) que durante anos dirigiu os ensaios e toda a parte musical daquela festa das crianças que constituiu um marco nos eventos culturais e recreativos na Figueira.
Depois do Casino e do Caras Direitas, a Gala surge esta noite no Centro de Artes e Espetáculos, com transmissão direta pela RTP, às 21 horas. (CAE)
 
 
Este, o cartaz da 1.ª edição da Gala Internacional dos Pequenos Cantores da Figueira da Foz, em 1979


Assim se noticiava a vitória de Maria Armanda (hoje com 38 anos), com a sua famosa canção "Eu vi um sapo"
Era o pontapé de saída para uma das mais interessantes iniciativas no género que se fizeram na Figueira da Foz.

 

2 comentários:

Silva Cascão disse...

Caro Amigo,
Obrigado por recordar a minha ligação à Gala dos Pequenos Cantores, que se prolongou por muitos anos. Mas "este chato" vem sempre com pequenas "correções": o nome do Penicheiro era João Mário e a Maria Armanda não cantou o "Sapo" na Gala; ela ganhou com uma canção do Joel Branco chamada "Ao Pé Coxinho". O "Sapo" foi cantado pelo Coro Infantil de Oeiras, dirigido por César Batalha, e escolhida para ela levar ao "Sequim de Ouro", em Bolonha, no ano seguinte, onde também venceu.
Mais uma vez Obrigado, e até breve.
Um grande abraço!
J. Cascão

ANÍBAL JOSÉ DE MATOS disse...

Meu Bom Amigo:
Grato pela sua observação pertinente como sempre. Na verdade, o nome correto é João Mário Penicheiro (já retifiquei). Foi um lapso da minha parte. Aliás, ainda há pouco tempo fiz uma referência a esse saudoso amigo e, dessa vez, o nome saiu correto...
E já agora, um excerto extraído da Wikipédia:
Maria Armanda, de seu nome completo Maria Armanda de Jesus Lopes, é uma cantora portuguesa, celebrizada pelo tema "Eu vi um sapo", que lhe viria a trazer a vitória no festival italiano de musical infantil Sequim de Ouro, em 1980.
Com 4 anos, Maria Armanda já dava nas vistas a cantar e dançar. Em 1979 participou na primeira Gala Internacional dos Pequenos Cantores da Figueira da Foz. A vitória na competição nacional foi do tema "Eu Vi Um Sapo", com música de César Batalha e letra de Lúcia Carvalho. Foi lançado um single com a versão do Coro Infantil de Santo Amaro de Oeiras desse mesmo tema.
A canção foi a escolhida para representar Portugal em Bolonha, na edição de 1980 do Sequim de Ouro, festival italiano da canção infantil a favor da UNICEF, e Maria Armanda foi a grande vencedora com "Ho visto un rospo", a versão italiana da canção. Foi editado o disco "Eu vi um sapo", com a participação do Piccolo Coro dell'Antoniano, que teve bastante sucesso.

Um grande abraço,
Aníbal José de Matos