sexta-feira, 18 de outubro de 2013

Para a história da Figueira da Foz CCLXXVII

Há petróleo na Figueira
 
 
A plataforma  SEDCO 135-D, 27 km
a SW da Figueira da Foz,
na área denominada SARDINHA

 Em pleno trabalho de perfuração
 
Estávamos em 1974. De cargueiro, traineira e helicóptero, fiz várias viagens até à plataforma de sondagem e perfuração de poços de petróleo, operada pela Shell Prospex Portuguesa.
Iniciava-se a sondagem na área de concessão n.º 13, denominada SARDINHA.
Em termos técnicos, os trabalhos consistiam, fundamentalmente, na recolha de importantes secções estratigráficas e sua análise sedimentológica, paleontológica e geoquímica com vista à obtenção de uma imagem de estratigrafia e tectónica das formações a atravessar em sondagens marítimas, além doutros movimentos tendo como principal objetivo a descoberta de petróleo, como salientava a operadora: "(...) na esperançosa eventualidade de descoberta de campos petrolíferos comerciais de ampla dimensão."
Para se avaliar da dimensão do equipamento, a plataforma, tinha uma altura  total de 100 metros, e durante largo tempo despertou a curiosidade dos figueirenses e não só.

Sem comentários: