sábado, 22 de junho de 2013

Para a história da Figueira da Foz CCLXVII

Saudades do Parque-Cine
 
 
Em 1907, o animatógrafo Parque (ou Parque Cinema), situado no Bairro Novo, nas ruas hoje designadas Cândido dos Reis e Engenheiro Silva, na Figueira da Foz, abre ao público. Era, na altura, um barracão de madeira com telhado de zinco e sofreria diversas modificações ao longo das décadas de 1920, 30 e 40.
 
Em 1971, viria a encerrar por falta de condições de segurança, e a 19 de março de 1985, iniciavam-se as obras de demolição.
 
O Parque-Cine, como definitivamente viria a ser designado, foi palco de grandes espetáculos de teatro, com a presença das melhores companhias, e de outras atividades artísticas, com o cinema a merecer um carinho muito especial.
 
 
A lotação era de cerca de 1500 espetadores, divididos por vários pisos onde se situavam plateia, frisas, camarotes, balcão, geral numerada e geral simples.

Sem comentários: