terça-feira, 2 de julho de 2013

Para a história da Figueira CCLXIX

110 anos depois
 
 
Em 1903 estavam concluídas as obras mas só em 1907 abriu ao trânsito pedonal e rodoviário, a ponte (na imagem) que substituiu as passagens por barco para ligar as duas margens do Rio Mondego, na Figueira da Foz.
A empreitada, por 316 mil escudos, fora adjudicada à Casa Eiffel.
 
 
Em 12 de março de 1982, a seis meses da Figueira da Foz completar o seu primeiro centenário como cidade (20 de setembro), num projeto de Edgar Cardoso (que acabaria por ser o seu patrono), é inaugurada a ponte que rendeu a anterior.
 

Sem comentários: