domingo, 24 de maio de 2015

Futebol


ESPECIAL TONDELA

 

 

O CULMINAR DE TRÊS ÉPOCAS NA II LIGA

TONDELA SOBE À I LIGA

E CONQUISTA TÍTULO NACIONAL

 

O técnico Quim Machado acaba de colocar a equipa do Clube Desportivo de Tondela na história do futebol nacional, fazendo subir o emblema do Vale de Besteiros ao primeiro escalão do futebol português e, a culminar o feito, conquistando o título de campeão nacional da II Liga.

 No entanto, o herói acabaria por ser André Carvalhas que, no último minuto do período de compensação, em Freamunde, marcou o tento da igualdade e aquele que confirmaria a subida e o galardão de líder final da competição.

Diga-se, no entanto, que os tondelenses não estiveram em grande plano neste último jogo na cidade dos capões (a ansiedade era mais do que muita), já que não conseguiram aproveitar o facto dos visitados terem ficado reduzidos a dez unidades logo aos 10 minutos, fazendo uma exibição descolorida, a exemplo dos últimos jogos, já que nestes cinco derradeiros confrontos desperdiçaram 12 pontos (!) em 15 possíveis, não conseguindo uma única vitória, adiando sucessivamente a subida que apenas dependia de si.

 

Esta última ronda do campeonato foi de arrasar os nervos, com a colocação das equipas em constante alternância face aos resultados que se iam verificando nos diversos estádios.

Tondela, deste modo, manteve o primeiro posto e com ele o título de campeão, acompanhando-o na subida o União da Madeira quando, até ao golo dos tondelenses, o Chaves assumia a promoção e o primeiro lugar. Os flavienses foram, sem dúvida, os grandes derrotados desta última etapa.

A cidade de Tondela está em festa e merecidamente. Foi uma subida meteórica apenas em três épocas nas competições profissionais.Agora, depois dos festejos, há que  pensar ponderadamente na próxima época, já que, indubitavelmente, a competição que se segue é muito mais exigente e a luta pela manutenção é o primeiro e difícil passo.

 

Está de parabéns o Desportivo de Tondela. Os adeptos dedicados, persistentes e sofredores, a equipa técnica, os jogadores e, principalmente, o seu presidente Gilberto Coimbra, merecem-nos pelo sucesso.

Tondela está, assim, de portas abertas, para receber os grandes do futebol nacional.

Aliás, o Clube passa a ser um deles.

E A FESTA DUROU ATÉ ÀS TANTAS...

 
Os campeões e primodivisionários passearam-se pela cidade ante o delírio da multidão...

 
... e a TAÇA andou de mão em mão.

Em tempo: Entretanto, cá pelo burgo, a Naval, que militou durante seis épocas na I Liga, vai ser obrigada a disputar o play-off de despromoção aos campeonatos distritais...

 

Sem comentários: