terça-feira, 16 de fevereiro de 2016

PATEO DAS GALINHAS apresenta...


...GRUPO DE VANGUARDA
NA FIGUEIRA DA FOZ
 
 
Algumas das entidades sediadas em O Sítio das Artes, na Figueira da Foz, estão a promover a recuperação e beneficiação do antigo auditório da ex Universidade Internacional, tal como tem sido prática com os espaços que ocupam.
É neste contexto que o PATEO DAS GALINHAS – GRUPO EXPERIMENTAL DE TEATRO irá apresentar, naquele local,  a peça GRUPO DE VANGUARDA, no próximo sábado, dia 20 de fevereiro, pelas 21h30.
Grupo de Vanguarda de Vicente Sanches é um texto sui generis, quer no conteúdo quer na forma.
Esta peça tem como tema “A Morte”, tema este que é exposto de forma algo palavriosa, ou melhor dizendo, muito, muito palavriosa. Não fique o espectador expectante em assistir a um drama estático, pois o conjunto de atores que sobe a cena acredita que o verdadeiro teatro é, apenas e só, verdadeiro terrorismo. Mais: este grupo de atores ama o terror pelo terror e o seu único objetivo é espalhar sobre a plateia, entre os espectadoress, o pânico, o medo, o pavor.
Grupo de Vanguarda é uma enorme brincadeira, um palco onde o teatro brinca consigo próprio, onde é exigido aos atores que joguem, que provoquem o seu público. Um público insensível aos mistérios da vida e... da Morte.

Sem comentários: