segunda-feira, 9 de março de 2015

Cova e Gala (Figueira da Foz)


 
Poesia de Jorge Santiago Pinto, publicada no "CORREIO DA FIGUEIRA", de que era diretor e proprietário, na sua edição n.º 10, de junho de 1987, em que o autor destaca o papel das varinas de Cova e Gala, S. Pedro, no concelho da Figueira da Foz (Portugal).

2 comentários:

Joao Catavento disse...

Muito interessante, esta sua publicação de poesia de Jorge Santiago Pinto, sobre as varinas da Cova Gala.
Aproveito a oportunidade para partilhar e desejar as minhas estimadas saudações.

António Querido disse...

Excelente poesia,
dedicada à nossa terra, levei para o "Figueira Minha", OBRIGADO!
Com o meu abraço.