terça-feira, 20 de outubro de 2015

Na Biblioteca da Figueira da Foz

NO CÉU NÃO HÁ LIMÕES
 
A Biblioteca Municipal da Figueira da Foz, promove no último sábado de cada mês, pelas 15h00, um encontro da Comunidade de Leitores, onde os diversos participantes conversam em torno de uma obra literária escolhida no encontro anterior. 
 
No próximo sábado, 24  de outubro,  a conversa  será em torno da obra “ No Céu não há Limões", de Sandro  William Junqueira, que estará presente  na sessão,   juntamente com elementos da Comunidade de Leitores da Biblioteca Municipal da Maia.
 
" No Céu não Há Limões" descreve um mundo em guerra entre o Norte rico e o Sul pobre, em que os pobres do Sul tentam por todos os meios ter acesso ao bem-estar do Norte, e os do Norte usam de todos os meios para conservar a sua riqueza só para si.

 
 
 




 
Sandro William Junqueira, nascido em 1974, na Rodésia, encontrou aos 25 anos, na escrita, " o espaço onde me poderia expressar sem condicionantes de nenhuma ordem. Escrevo como quero, sobre o que quero. A escrita é, para mim, o maior espaço de liberdade individual" .
Antes experimentou a música, a escultura e a  pintura. Foi designer gráfico. Hoje diz poesia e trabalha regularmente como ator e encenador. Leciona expressão dramática. É autor de projetos e ateliês de promoção do livro e da leitura.
 
Em 2012 foi considerado um dos escritores para o futuro pelo semanário Expresso. 
 
Para além de "No Céu não há limões", Sandro  Junqueira é autor do romance "Caderno do Algoz "(2009)" e "Um Piano para cavalos altos" (2012).
 

Sem comentários: